Search

Agente antissedimentante


Sílica pirogênica AEROSIL® para resinas poliésteres insaturadas


Muitos sistemas líquidos usados em tecnologia são feitos de dispersções contendo partículas sólidas suspensas em um fluido. Exemplos são tão diferenciados como tintas, massas para reparos, fluidos de perfuração para exploração de poços de petróleo, e cremes dentais.

É um fato natural que existe quase sempre uma diferença na gravidade específica entre os fluidos e os sólidos suspensos. Inevitavelmente, ambos os parceiros tendem a se separar pelo fato de a matéria de alta densidade se sedimentar e a matéria de baixa densidade se erguer. “Agite bem antes de usar” é uma das recomendações que se fazem nesses casos! Mas aplicar esse tipo de rótulo pode se tornar algo obsoleto quando é possível usar produtos AEROSIL® como aditivo antissedimentante com a dispersão em questão.

Pequenas quantidades da sílica pirogênica AEROSIL® podem evitar que grandes quantidades de pigmentos e cargas se sedimentem sob a influência da gravidade.

A sílica pirogênica AEROSIL® comumente é adicionada na faixa de 0,5-5% p/p.



Quando o fluido de base da dispersão não é um hidrocarboneto, mas mais polar em sua natureza, p. ex., um poliol, recomenda-se experimentar tipos hidrofóbicos de AEROSIL®. AEROSIL® R 202 e AEROSIL® R 812 são os produtos testados nesses sistemas.